4.7.06

as vidas de C.

"O primeiro me chegou / Como quem vem do florista / Trouxe um bicho de pelúcia / Trouxe um broche de ametista / Me contou suas viagens / E as vantagens que ele tinha / Me mostrou o seu relógio / Me chamava de rainha / Me encontrou tão desarmada / Que tocou meu coração / Mas não me negava nada / E, assustada, eu disse não. / / /O segundo me chegou / Como quem chega do bar / Trouxe um litro de aguardente / Tão amarga de tragar / Indagou o meu passado / E cheirou minha comida / Vasculhou minha gaveta / Me chamava de perdida / Me encontrou tão desarmada / Que arranhou meu coração / Mas não me entregava nada / E, assustada, eu disse não. / / / O terceiro me chegou / Como quem chega do nada / Ele não me trouxe nada / Também nada perguntou / Mal sei como ele se chama / Mas entendo o que ele quer / Se deitou na minha cama / E me chama de mulher / Foi chegando sorrateiro / E antes que eu dissesse não / Se instalou feito um posseiro / Dentro do meu coração" / / / A TERESINHA, de Chico Buarque

4 Comments:

Blogger apipocamaisdoce said...

Gosto taaaanto! A Ópera do Malandro é o meu musical preferido! E esta letra é linda!

7/04/2006 8:52 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Very nice site! » »

3/03/2007 3:43 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

best regards, nice info »

3/17/2007 11:37 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Excellent, love it! » »

4/25/2007 10:46 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home