19.9.05

From somewhere with love

Roubo hoje as palavras de um blogue (dos bons), que por aí andou:
"Vivemos num tempo fantástico. Para além de portuguesa sou europeia. Temos um passaporte para todo o lado e somos cidadãos de primeira. Podemos viajar para todo o lado, podemos viver em todo o lado, o mundo não tem limites, é só escolher. Agarramos as oportunidades e partimos pelo mundo.
Mas há um lado perverso... no meio da frieza dos aviões misturam-se sentimentos e criam-se carapaças. É uma vida que se deixa para trás e a que não nunca retornamos iguais. Em cada paragem cada vez custa mais ver amigos partir. Em todo o lado apegamo-nos a pessoas, não há como fugir, não há porque fugir, precisamos delas, elas precisam de nós, as pessoas são a experiência da viagem. Mas depois dói. E o nosso coração vai sendo levado por todas estas pessoas, ficando espalhado aos pedaços pelo Mundo inteiro. E depois já não se pode reconstruir e ficamos também nós partidos pelo mundo.
Se “a casa é onde o coração está” onde é a minha casa?
Se deixamos pedaços de coração pelo mundo quer dizer que o mundo é nosso?
Porque é que tão fácil partir mas custa tanto? "
A gaja chamava-se sushi lover e já se foi; o texto chama-se Globalização de Sentimentos e (felizmente) ainda para aí anda.

7 Comments:

Anonymous la niña said...

partir é fácil porque é melhor do que ficar.e é difícil porque nunca se chega realmente a lado nenhum.

9/19/2005 4:45 da tarde  
Anonymous Madlene said...

Gostei Gostei!!!!

9/19/2005 6:38 da tarde  
Blogger Joana said...

Ela é linda!!!

9/20/2005 4:01 da tarde  
Blogger sushi lover said...

a gaja? Já me fui? Para onde? Eu, que estou sempre aqui!
Ó André... quem me dera estar outra vez nessa convulsão de sentimentos! E se eu fosse aí visitar-te? O que é q está agora no Reina Sofia?

9/21/2005 1:20 da tarde  
Anonymous *Nes said...

Essa é A gaja dos BLOG´s!

SuperMegaMaster!

9/21/2005 3:39 da tarde  
Blogger PC said...

Lindo...

9/21/2005 4:52 da tarde  
Blogger zm said...

Caso alguém não saiba, "a gaja" está em:
http://moshimoshiii.blogspot.com/
É de ler, é de ler.
ZM

10/11/2005 3:15 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home