6.6.06

não desejais. produz.ii.

(...)Vai-te! tarefa inutil e desnecessária. Vai-te que ninguém te quer, vai-te que já não te quer o mundo. Pouca-terra, pouca-terra, produz cidadão, executa, faz, dirige, lança a empresa, cimenta a pedra. Faz. Ou faz que fazes mas apresenta-te ao trabalho de cara lavada e a horas correctas. Diz que nada fizeste. Ou só o trabalho de casa. Diz que não conheces o vinho, nem a embriaguez, não sabes de amor nem nunca conheceste o sexo. Diz que não te peidas, fala escorreito das tuas três horas de exercício continuado.Dos cinco livros que leste – simultaneos - e dos jornais. Faz-te de interessante. Apresenta-te. Debuta. Expõe.
(...)

3 Comments:

Anonymous cidadão comum said...

olá, bom blogue este. gostei de conhecer, seria uma honra receber a sua visita lá no meu espaço. bom dia.

6/06/2006 1:10 da tarde  
Blogger Arroz de Estragão said...

Menos problemas, mais soluções.

6/07/2006 3:09 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Enjoyed a lot! » »

2/21/2007 7:25 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home